Estudamos 5 anos, viramos noites, gastamos horrores com plotagens e material… tudo isso pra quê? Tem gente que pensa que ser arquiteto é simplesmente projetar casas e interiores.

Ao contrário disso, devemos usar nosso conhecimento pro benefício geral da comunidade. Se temos tantas atribuições, pra que focar em uma só? Claro que todo mundo vai se especializar em alguma coisa, mas isso não significa deixar de lado as outras coisas. Além disso, trabalhar sempre levando a sério a legislação e a ética já é um bom começo pra quem quer ser mais do que um projetista formado.  Isso serve pra qualquer profissão. Não fazer as coisas por debaixo dos panos, respeitar os colegas, as instituições e conselhos, e tudo mais que nossas mães sempre falaram.

Eu quero trabalhar com habitação social. Acabei me interessando por isso depois que começaram a falar sobre o assunto na faculdade… acho que, entre passar a vida projetando coisas normais ou me dedicar a um assunto que a maioria despreza, prefiro a segunda opção.

Claro que tenho um conceito pra tudo isso, mas resumindo, quero contribuir de alguma forma com as pessoas que não tiveram as oportunidades que eu tive na vida. Aquele história toda de conforto e qualidade de vida. Quero isso para todos, não só pra quem pode pagar por regalias tecnológicas que custam uma banana. Vamos investir em sistemas construtivos alternativos! Universidades, invistam em pesquisas! Novos materiais, novos conceitos! Acreditem na opinião de quem será beneficiado… questionem, mudem, mas não bebam pepsi porque faz mal pros dentes!

Anúncios